No dia 13/10/2014 começou a vigorar uma decisão da Secretaria da Aviação Civil (SAC) que define um limite de tempo de espera no desembarque dos aeroportos brasileiros. Segundo a decisão, o tempo máximo que um passageiro deve esperar na fila do passaporte da Polícia Federal é de 16 minutos. Já para a fila da Receita Federal o tempo definido é de no máximo oito minutos.

A medida foi tomada em reunião da Conaero (Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias) e não prevê sanção. Segundo a SAC, trata-se de uma parceria com a PF e a Receita, e deve ser transformada em portaria interna nos dois órgãos.

A intenção da medida é reduzir as filas nos aeroportos – uma das principais queixas dos passageiros nacionais e internacionais, segundo pesquisa de satisfação realizada trimestralmente nos aeroportos brasileiros.

De acordo com levantamento da SAC, três aeroportos brasileiros já cumprem a meta. O Galeão, no Rio de Janeiro, é onde se gasta menos tempo nas filas para carimbo de passaporte e fiscalização de bagagem na alfândega: 9 minutos e 4 minutos, respectivamente. Em seguida vêm os terminais aéreos Salgado Filho, em Porto Alegre, e Cumbica, em Guarulhos, onde os viajantes gastam em média 17 minutos para passar pelas duas inspeções.

Os exemplos negativos são os aeroportos de Fortaleza e de Manaus, que apresentam a maior demora. Na capital cearense, o tempo médio de espera nas duas filas é de 24 minutos. Em Manais, é de meia hora.

 

Fonte: bomtrip.com/portalagencia