seguro-viagem

 

O Tratado Schengen exige a contratação de um seguro com cobertura igual ou superior a 30 mil euros para a entrada na Europa, para que obviamente eles fiquem isentos de qualquer responsabilidade ou custos por casos de saúde ou emergência.

Muitas pessoas que compram as suas passagens aéreas no cartão de crédito têm direito ao seguro viagem fornecido pelo próprio cartão. Mas o que pouquíssimas pessoas sabem é que o seguro do cartão de crédito é nada mais nada menos que um seguro.

É muito importante compreender a diferença entre seguro e assistência em viagem, visto que fará toda a diferença no procedimento do passageiro em caso de emergência durante sua viagem.

Quando o passageiro contrata um seguro de viagem, o mesmo está disposto a arcar com os custos em caso de necessidade, e após seu regresso ao país de origem enviará a documentação para análise do reembolso de acordo com as coberturas contratadas em apólice.

Na contratação de assistência em viagem, em caso de emergência, o passageiro terá à sua disposição uma central de atendimento 24 horas com uma rede de hospitais credenciados para atendimento. Sendo assim, o passageiro deverá entrar em contato com a Central de Assistências para que ela possa indicar os procedimentos, para que não haja necessidade do passageiro efetuar qualquer pagamento, de acordo com as coberturas contratadas em apólice.

Precisando de assistência em viagem? fale conosco!